A Plaza Mayor e Mercado San Miguel em Madri

A Plaza Mayor e Mercado San Miguel em Madri

A pedidos do Rei Felipe II, o Juan Herrera desenvolve o projeto da Plaza Mayor em Madri, mas só em 1617, no reinado de Felipe III, que começa a construção. Ela já teve vários nomes, Plaza del Arrabal, Plaza de la Constitución, Plaza Real e finalmente, depois da Guerra Civil recebeu o nome atual. Essa praça já viu touradas, um grande incêndio em 1790, foi palco da inquisição e hoje assiste ao milhares de turistas que passam por lá.

 

 

Você também vai gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Rede Social

139,330FãsGostar
40,332SeguidoresSeguir
450SeguidoresSeguir
13,719InscritosInscrever

Mais Vistos

Os Sapatos do Holocausto em Budapeste

Enquanto viajamos nós temos a oportunidade de aprender com várias histórias. Sejam elas boas ou ruins. Aprender ao máximo com o mundo, do jeito...

Viajando de Trem por Apenas 1 Euro na França

O trem tem a fama de ser uma ótima forma de se locomover por diversas cidades e países, mas também tem a fama de...

Os Melhores Mercados de Rua de Londres

Um passeio nos mercados de rua mais legais de Londres. Nessa mini série eu mostro um pouco de cada um. É muito legal ver...

Varenna – Lago di Como, Itália

A região dos lagos no norte italiano chama a atenção. É onde a beleza da Itália encontra os picos nevados dos Alpes. As vilas do século 19 e cidades que parecem ter sido esculpidas tornam os lagos ainda mais interessantes. A pergunta mais feita é: qual lago ir? Pra mim, a melhor opção, que junta o transporte fácil, um cenário espetacular e poucos turistas é o Lago di Como. E as cidades de Varenna, Menaggio e Bellagio são as mais famosas. Os poetas descreveram o Lago di Como como o "paraíso na terra", na verdade foram os artistas no início de 1800 que colocaram essa região no mapa, com obras sobre o lago.

A Igreja de Ossos em Kutná Hora na República Tcheca

A cidade de Kutná Hora na República Tcheca já foi uma das mais ricas de toda região da Boêmia. Com grandes reservas de prata, foi aqui que a moeda local começou a ser produzida desde 1308. Em 1996 Kutná Hora se tornou um patrimônio mundial pela Unesco, mas é a sombria igreja de ossos de Sedlec que ainda atrai a maioria dos visitantes.