Um dos maiores e mais importantes museus do mundo, também pode ser um dos mais demorados e complexos para entrar. Nesse vídeo eu mostro algumas maneiras para você evitar passar 2 ou 3 horas na fila.

 

 

Hoje eu vou te dizer como você pode fazer para entrar mais rápido no museu do Vaticano.

Desde 475 depois de Cristo, com a queda de Roma, a Igreja Católica virou um grande preservador de relíquias e obras de várias culturas diferentes. E a maioria delas estão no Museu do Vaticano.

O Museu do Vaticano é gigantesco e tem uma quantidade de obras absurda, que para a maioria dos turistas não passa de um obstáculo para ver o grande objetivo final que é a Capela Cistina. Mas não é para menos, depois de ficar 2h na fila a última coisa que você quer é ficar percorrendo salas e mais salas, e ficar vendo uma quantidade de obras que muitas vezes você nem entende muito bem o que é.

Eu espero que com as dicas que eu darei aqui, você consiga enfrentar ou evitar as filas de forma mais inteligente e consiga fazer a sua visita de forma bem mais agradável.

O Museu do Vaticano funciona de 9h da manhã às 6h da tarde, mas não abre nos domingos, apenas de segunda a sábado, com exceção do último domingo do mês. No último domingo do mês ele abre, é o único dia gratuito, e só abre na parte da manhã nesse dia. Normalmente, por se tratar de um dia gratuito, as pessoas pensam que é bom por conta da gratuidade, mas infelizmente não é. A menos que você esteja com seu orçamento de viagem meio apertado, evite o dia gratuito pois costuma ser o dia mais cheio. Outra informação importante quanto ao seu período de abertura é que o Museu do Vaticano sempre fecha no feriados, principalmente nos feriados católicos. Por isso, sempre é importante pesquisar antes para saber se estará aberto no dia que você pretende fazer a visita. A entrada custa 16 euros, e sempre é muito cheio. É muito fácil você ficar de 2 a 3 horas na fila para entrar no Museu do Vaticano. Então, vamos as dicas.

“…eu prefiro pagar 4 euros a mais para não enfrentar fila e ganhar 2h ou 3h para conhecer outros lugares de Roma.”

A primeira coisa que você tem que fazer, ou pelo menos a coisa mais fácil a se fazer para evitar a fila, é reservar a sua entrada com antecedência. Você pode fazer isso direto pelo site www.mv.vatican.va e realizar a reserva, você pagará os 16 euros pela entrada e mais 4 euros de taxa pelo valor de reserva. Na minha opinião vale muito a pena, pois eu prefiro pagar 4 euros a mais para não enfrentar fila e ganhar 2h ou 3h para conhecer outros lugares de Roma ou fazer qualquer outra coisa mais interessante do que ficar numa fila. Então vale muito a pena pagar esses 4 euros de reserva e entrar mais rápido. Essa é a melhor dica para aproveitar melhor seu passeio.

Agora, caso você não tenha feito a reserva com antecedência, é possível realizar a reserva no dia diretamente lá no Museu do Vaticano. Vamos ao mapa abaixo que é possível te explicar tudo mais detalhadamente.

mapvatican

No mapa, do lado direito do rio, você pode se localizar onde fica Roma e o centro histórico, então é basicamente só atravessar uma ponte e você chega ao Vaticano. O Vaticano é pequeno, basicamente composto pela basílica e o museu. Então você tem duas opções para chegar ao Vaticano, umas delas é pelo metrô descendo pela estação Ottaviano, informado no mapa pela linha azul, até a entrada do Vaticano (indicado em roxo). Ou você pode ir do centro histórico, atravessar a ponte e seguir pela praça principal São Pedro, conforme indicado pelo tracejado em vermelho no mapa.

Caso você não tenha realizado a reserva com antecedência pela internet, você tem duas opções. A primeira: Na Praça São Pedro (em laranja no mapa) há um escritório de turismo, então ali você consegue fazer diretamente a reserva pelos mesmos 20 euros que você faria via internet. E a segunda, que é um pouco mais cara, mas também é uma alternativa, é você comprar no escritório da Roma Cristiana, que é uma empresa de turismo do Vaticano, que localizada na Praça Pio XII (indicado em laranja). Nesse lugar vai custar por volta de 27 euros a entrada, mas não deixa de ser uma opção para evitar fila, pois comprando assim, depois é só entrar direto no Museu do Vaticano, sem filas.

“…um ótimo dia também para você ir também é nos dias das audiências do Papa…”

Pode também acontecer de você chegar lá sem reservas, não conseguir fazer as reservas lá no mesmo dia e tentar entrar. Então segue mais algumas dicas pra você tentar minimizar o transtorno que você pode vir a ter chegando lá sem as reservas:

– evite sábados e segundas. Como o Museu do Vaticano não abre no domingo, o dia anterior e posterior acabam sendo mais cheios;

– evite dias após feriados. Pelo mesmo motivo acima, após o feriado o local tende a ser mais cheio;

– evite o período da manhã. Normalmente as pessoas acordam e optam por ir direto no museu. Então uma alternativa para evitar filas é na parte da tarde, a partir das das 2h da tarde você já vai ver uma queda em grande no número de pessoas na fila;

– um ótimo dia também para você ir também é nos dias das audiências do Papa, que costumam ser nas quartas-feiras as 10h30 da manhã. Essa é uma hora onde a maioria dos turistas estará na Praça São Pedro para escutar o Papa, e consequentemente o museu fica mais vazio.

Então essas foram mais algumas dicas caso você chegue sem reserva, espero que você siga uma delas.

Tem formas ainda de você visitar a Capela Cistina e ter ela basicamente só para você, mas essa dica vou deixar para outro post.

 

Eurotrip - eBook CovereBook Gratuito: 6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba Gratuitamente o eBook e descubra os 6 passos definitivos para planejar a viagem dos seu sonhos.

Clique Aqui e Garanta o seu!