fbpx

A Mesquita de Suleiman em Istambul

A Mesquita de Suleiman em Istambul

Essa mesquita de Istambul leva o nome do sultão Suleiman (Solimão), mas foi o Mimar Sinan, o grande arquiteto do império Otomano, quem fez o maravilhoso trabalho. Em sua carreira, o Sinan chefiou e formou grande arquitetos do império. Um desses estudantes fez a incrível mesquita Azul. Foi não só um grande arquiteto, mas também um mestre e tanto! Acompanhe nesse vídeo um pouco da história do Sinan e aprecie um de seus principais trabalhos.

- Anúncio -

6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba GRATUITAMENTE esse guia completo. Descubra os segredos de viagem mais bem guardados e transforme seus sonhos em realidade.

Você Também Vai Gostar:

Hagia Sophia em Istambul

Já foi igreja ortodoxa, mesquita e hoje é um museu. Hagia Sophia em Istambul é a maior das maravilhas do império bizantino. A tradução é algo como "sagrada sabedoria". E é sem dúvida uma das maravilha arquitetônicas do mundo. A apesar de inúmeras guerras e acidentes naturais ela está lá, firme e forte desde 537, quando foi construída por ordem do emperador Justiniano.

A Mesquita Azul em Istambul

A histórica mesquita do Sultão Ahmed em Istambul. Construída entre 1609 e 1616, leva esse nome por conta dos azulejos azuis. Veja essa vídeo sobre essa incrível mesquita turca.

Istambul: Onde o Ocidente e o Oriente se Encontram

Ela já foi chamada de Bizâncio, Nova Roma e Constantinopla, mas hoje é Istambul. Ponto de encontro entre Europa e Ásia, a cidade sempre teve uma posição privilegiada e consequentemente disputada. O Império Bizantino nasceu aqui no século 4 e no século 15 chegaram os Otomanos que governaram até o final da Primeira Guerra Mundial. O centro de governo da Turquia não é Istambul e sim Ankara, mas a cidade continua como centro histórico, cultural e financeiro do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.

Rede Social

138,576FãsGostar
0SeguidoresSeguir
465SeguidoresSeguir
21,755InscritosInscrever

Mais Vistos

O que comer em Cinque Terre na Itália?

Estou em Vernazza na Itália, ao vivo. E dessa vez eu comento um pouco sobre as comidas mais tradicionais da região! Da Anchova ao Pesto, o melhor da gastronomia em Cinque Terre em 10 minutos.

Lisboa e a Baixa Pombalina

Os celtas, os romanos, os mouros e os cristãos; todos deixaram sua marca nessa cidade, mas uma das mais marcante foi terremoto de 1755. A região da Baixa, uma das mais destruídas, foi totalmente reconstruída inspirada nas grandes cidades europeias. Ela ainda é o coração da cidade, com suas ruas sempre movimentadas, todas levando em direção a praça do Comércio e ao rio Tejo.

O Monumento da Liberdade em Riga na Letônia

Um dos monumentos que chamam mais atenção em Riga, e que é muito importante para o povo da Letônia e o monumento da Liberdade. A demolição dessa obra foi cogitada algumas vezes, principalmente durante a ocupação soviética no país, mas de fato nunca ocorreu. Em 1987 milhares de pessoas se juntaram ali para honrar a morte de vítimas do regime, o que deu início ao movimento da independência nacional, e três anos depois a independência da Letônia foi restabelecida.

Greve na Europa – O Que Fazer?

Você chega na estação de trem e descobre que seu trem não vai sair. O que fazer quando a greve na Europa atrapalha seus planos? Nesse vídeo eu explico algumas formas de evitar problemas ou de amenizar o impacto da greve na sua viagem. Video muito importante, principalmente para quem vai para Itália.

Desconstruindo os Muros em Riga na Letônia

Um dos parques mais legais da cidade de Riga na Letônia tem seu passado na época medieval, quando não era um parque e sim um muro. Riga e outra cidades medievais, que dependiam dos muros para se protegerem, descobriram a melhor coisa para fazer com eles... desconstruí-los e transformá-los em área de lazer para o povo. O que antes protegia e dividia hoje é um lugar para celebrar. O que antes era um símbolo de medo, hoje é de união. Por um mundo com menos muros e mais parques! ?