fbpx

Castelo Neuschwanstein – Baviera, Alemanha

Castelo Neuschwanstein – Baviera, Alemanha

Em 1850, Richard Wagner escreveu a opera Lohengrin. A história é inspirada na lenda medieval do Cavaleiro do Cisne que chega em um barco conduzido por um cisne para salvar uma donzela de uma falsa acusação, mas com a condição de se casarem e de ele nunca revelar seu nome.

Anos depois do lançamento da ópera, o rei Ludwig II da Baviera, inspirado pela ópera de seu amigo Wagner construiu o castelo de Neuschwanstein (Novo Cisne de Pedra).

[SPOILER] Continuando a história: o Cavaleiro do Cisne salva e se casa com a donzela. Agora… adivinha o que toca na hora da cerimônia? Sim, a Marcha Nupcial. A música foi criada para essa parte da ópera e até hoje é usada nos casamentos. Bom, no final, a donzela quebra a promessa e pergunta o nome do cavaleiro. Ao revelar seu nome o cisne reaparece, o cavaleiro vai embora para sempre e a donzela morre arrependida por quebrar a promessa.

Pois é, não é em toda história que eles vivem felizes para sempre. Acho que os próximos casamentos que você for não serão mais os mesmos, né?!

Então, assista agora lindas imagens do Castelo de Neuschwanstein ao som da Marcha Nupcial.

- Anúncio -
Daniel Ribeirohttps://www.goeuropa.com.br
Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.

6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba GRATUITAMENTE esse guia completo. Descubra os segredos de viagem mais bem guardados e transforme seus sonhos em realidade.

Você Também Vai Gostar:

Deixe uma resposta

Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.
- Anúncio -

Rede Social

138,013FãsGostar
39,673SeguidoresSeguir
38,056InscritosInscrever

Mais Vistos

Atrações e Histórias de Salamanca na Espanha

Os turistas de outros países ainda não conhecem a cidade, mas os espanhóis adoram Salamanca. É provável que isso aconteça, pois a cidade não está no caminho para grandes atrações pela região. Uma coisa é certa: Salamanca recompensa aqueles que chegam lá. Veja nesse vídeo alguns dos motivos para você incluir essa vibrante cidade na sua próxima viagem.

Civita di Bagnoregio: A Cidade que Morre

A história de Civita di Bagnoregio vem desde os Etruscos. Durante a época medieval Bagnoregio era apenas um subúrbio de Civita. Depois de uma terremoto que fez com que grande parte dos moradores abandonassem a cidade em direção a Bagnoregio, o jogo muda e Civita começa seu processo de "morte". Apesar de todos os esforços, terremotos e erosões ainda ameaçam bastante a cidade. Veja um pouco dessa cidade única neste vídeo.

Economizando R$1600 Com Sua Passagem Aérea

É incrível como uma mudança simples de planos pode trazer uma diferença gigante no valor da sua passagem. Nesse vídeo eu mostro como consegui economizar mais de R$1600 só com uma simples alteração na busca da minha passagem do Brasil para Europa.

A Praça do Comércio em Coimbra

Essa agradável praça surgiu como um espécie de Duty-Free medieval, onde os comerciantes não precisavam pagar impostos pelo produtos que vendiam. É interessante olhar no mapa e ver o padrão circular das ruas, esse padrão era uma das formas de deixar as cidades ainda mais protegidas. Aqui esse padrão circular foi usado pelos romanos, visigodos, mouros e cristãos. Historicamente só os mais ricos conseguiam viver dentro dos muros da cidade, a parte alta. Assista ao vídeo que eu mostro um pouco mais da Praça do Comércio em Coimbra.

Orvieto, a Catedral Monumental e os Segredos do Subsolo

Tudo indica que Orvieto era uma cidade muito religiosa para os etruscos, chamada Velzna. Depois de 2 anos de cerco, feito pelos romanos, Velzna foi destruída e as ruínas foram abandonadas por 6 séculos. No século V, com os constantes invasores vindos do norte, o povo local, em busca de proteção, se voltaram para as colinas. Eles reconstruíram as fundações etruscas de Velzna e deram o nome de Urbs Vetus (cidade antiga, em latim). Com o tempo Urbs Vetus se tornou Orvieto.