fbpx

Na Europa Sem Aperto!

Na Europa Sem Aperto!

Passar um dia inteiro andando por uma nova cidade é sempre um grande prazer, mas exige algumas estratégias para não passar aperto e ter um passeio mais leve! Nesse vídeo eu comento como fazer para sempre ter acesso aos banheiros em diversos lugares e como essa também pode ser uma forma de aprender como outros países conseguem lidar com problemas iguais de forma bem diferente.

A maioria dos viajantes sempre tem uma história para contar sobre banheiro. A verdade é que a maioria dos banheiros na Europa são exatamente como o nosso, sem muita diferença. Mas é quando você começa a se aventurar por outras países menos viajados é que você começa a encontrar alguns banheiros um pouco diferentes.

Em alguns países você pode encontrar algo como isso aqui, conhecido como banheiro turco:

Banheiro turco

Na verdade, ele é comum em muitos países. É um pouco estranho, mas é importante lembrar que, nós, que usamos o vaso sanitário normal, somos minoria. A maioria das pessoas do mundo ainda utiliza desse tipo de banheiro.

Apesar de ser conhecido como banheiro turco, você vai encontrar em muitos países, principalmente se você vai mais para o leste europeu. O papel higiênico pode ser outro dilema. Na maioria dos países, o papel higiênico é descartado e vai pela descarga, ele não fica no cesto de lixo como é no Brasil. Isso, para muitos europeus, é até anti-higiênico. Na verdade, tudo depende do sistema de esgoto.

Então, países como Grécia ou Turquia, você ainda vai encontrar uma lixeirinha ali no banheiro, com o intuito que o descarte de papel seja pela lixeira, pois o sistema de esgoto não vai suportar.

- Anúncio -

Na Europa é muito comum você encontrar banheiros pagos, o que não é ruim, já que você vai encontrar um banheiro muito limpo e muito bem equipado. Também tem os banheiros gratuitos, onde há um funcionário na porta fornecendo o papel higiênico em troca de um trocado, qualquer 50 centavos vale.

Outra coisa que é muito comum é a gente estar passeando por uma cidade, mas precisa dar aquela parada estratégica para conseguir passear mais leve. Algumas grandes cidades como Londres, Paris e Amsterdam tem mictórios espalhados pela cidade, alguns, discretos e modernos, que até se desinfetam sozinho após o uso.

Banheiro público

Outros, não tão moderno…

Banheiro público

E muito menos discretos…

Banheiro público

Munique, por exemplo, tinha vários mictórios espalhados pela cidade. Durante a olimpíada da década de 70 eles resolveram tirar todos os mictórios, pois deixava a cidade mais bonita.

E como ficaram as pessoas? Bom, em Munique tem uma lei que todos os lugares que vendem cerveja tem que ter banheiro, e banheiro gratuito pra qualquer um usar, independente se for cliente ou não.

Também tem bastante opção nos prédios públicos, livrarias, lojas de departamento. No museu, não deixe de ir ao banheiro antes de sair, eles são gratuitos, limpos, e normalmente bem decorados. Isso sem falar nos grandes e antigos hotéis, todos tem banheiro no lobby.

E os restaurantes também são uma ótima opção, todos os restaurantes vão ter banheiro, lógico, e é muito tranquilo de entrar e usar o banheiro, principalmente nos maiores e mais cheios. Simplesmente você entra e usa o banheiro, sem precisar ser cliente. Muita gente acha isso meio grosseiro, mas eu chamo isso de sobrevivência.

Uma outra boa opção, na hora do desespero, são os fast foods. McDonalds, Burguer King, Starbucks, são estabelecimentos que podem te ajudar na hora do aperto e você não precisa comprar nada.

Uma coisa que você vai notar também é que tem muitos banheiros diferentes, mesmo nessas redes mundiais de fast food. Certa vez em Berna, na capital da Suíça, eu entrei num banheiro e vi que a luz era azul.

Banheiro no Starbucks

Na hora eu não entendi o porquê. Só depois eu fui saber que, com a luz azul, é praticamente impossível a pessoa localizar a própria veia, o que impedia de muitas pessoas se drogarem no banheiro. Pois é, problemas iguais, abordagens diferentes. Essa é a magia de viajar.

Daniel Ribeiro
Daniel Ribeirohttps://www.goeuropa.com.br
Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.

6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba GRATUITAMENTE esse guia completo. Descubra os segredos de viagem mais bem guardados e transforme seus sonhos em realidade.

Você Também Vai Gostar:

1 Comentário

Deixe uma resposta

Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.
- Anúncio -

Rede Social

138,013FãsGostar
39,673SeguidoresSeguir
42,471InscritosInscrever

Mais Vistos

As Ruas de Montmartre em Paris

Montmartre nem sempre fez parte da cidade de Paris. Antes era apenas um vila separada da cidade que, entre muitas coisas, não cobrava os altos impostos sobre as bebidas alcoólicas cobrados em Paris. Por esse e muitos outros motivos, Montmartre se tornou um local que atraiu os boêmios, os revolucionários e os artistas, que vinham para região atrás de diversão e principalmente inspiração.

Se Arrependimento Matasse…

Se tem uma coisa ruim que acontece com a maioria das pessoas que viajam é perder uma atração importante. Uma atração que você não...

Um Passeio Pelo Centro de Viena

Os romanos a chamavam Viena de Vindobona e séculos mais tarde ela se tornou uma das principais cidades da Europa e berço da música clássica. Viena tem muito o que contar. Acompanhe nesse vídeo transmitido ao vivo um pouco da história de Viena e por que essa é uma das capitais mais incríveis do mundo.

O Festival do Neoclássico em Helsinki

Universidade, catedral, palácio do governo e cafés tradicionais. Tudo isso você ainda encontra numa das praças mais importantes de Helsinki e da Finlândia. O “Bom Czar” também continua observando o vai e vem de finlandeses e dos muitos turistas que passam por ali. Não deixe de aproveitar uma das mais incríveis praças no estilo neoclássico da Europa e se juntar ao povo local nas escadarias da catedral na sua próxima visita cidade.

Nice, Capital da Riviera Francesa

A riviera francesa é um lugar cheio de glamour, mas não é só isso que encontramos na região. Ingleses e russo colocaram essa região no mapa e até hoje a riviera está nos sonhos de muitos viajantes. Aqui nesse vídeo, enquanto a gente dá uma passeio pela orla de Nice, eu dou algumas dicas da região e da cidade que é a capital de Côte d'Azur.
%d blogueiros gostam disto: