fbpx

Se Arrependimento Matasse…

Se Arrependimento Matasse…

Se tem uma coisa ruim que acontece com a maioria das pessoas que viajam é perder uma atração importante. Uma atração que você não deveria perder, mas perdeu, mesmo estando lá!

A primeira vez que eu fui ao Coliseu, foi também a primeira vez que fui para Roma. Lembro que, como a maioria dos viajantes, eu fui completamente despreparado. E depois de 1:45h na fila, finalmente eu consegui entrar naquele lugar fantástico.

Entender a história por trás desse lugar que foi construído para entreter com sangue de pessoas e animais, é importante para você sentir a força do lugar. O Coliseu foi construído no ano 80 dC e era, não só utilizado para entreter, mas também para mostrar o poder e o alcance que Roma tinha no mundo.

Imagine como um simples romano se sentia ao entrar numa construção gigante, que cabiam até 80.000 pessoas, e assistir gladiadores lutando entre si e lutando também contra as criaturas extremamente bizarras como leões, leopardos e até rinoceronte… animais que os europeus nunca tinham visto, pois eram trazidos direto das mais distantes regiões da África. Todas conquistadas por Roma.

A coisa era tão grandiosa que dizem que até combates navais, chamados de Naumachiae, aconteceram dentro do Coliseu! Sim, combates navais, com barcos de verdade!

Aquilo tudo mexeu muito comigo, mas não durante essa visita. Confesso que durante essa primeira visita eu não sabia de nada disso! Depois de quase 2h na fila eu já estava sem paciência para ler meu guia ou até mesmo escutar o áudio guide que eu tinha alugado.

“Se arrependimento matasse, essa seria minha hora!

- Anúncio -

E essa foi minha primeira visita lá! Se arrependimento matasse, essa seria minha hora! É, eu perdi boa parte de uma história mais fantástica que muita ficção por aí, mas felizmente eu pude voltar no Coliseu outras vezes, e dessas vezes mais bem preparado.

Isso tudo me ensinou a importância de entender o que se está vendo. Você não precisa saber todos os detalhes históricos de tudo que você vai ver na sua viagem, apenas o suficiente para deixar ela muito mais interessante e empolgante!

6 Passos Definitivos para Planejar a Viagem dos seus Sonhos

Receba GRATUITAMENTE esse guia completo. Descubra os segredos de viagem mais bem guardados e transforme seus sonhos em realidade.

Você Também Vai Gostar:

Um Ensaio Sobre a Música nas Viagens

Nos últimos tempos eu tenho aproveitado muito mais a importância da música nas minhas viagens. Eu sei... música clássica e viagem não parece ter uma associação muito clara para muita gente, mas a verdade é que a música e a história que ela traz tem muita relação com os destinos.

Não viaje… por enquanto

Nunca pensei em dizer isso, mas... Não viaje agora! Acredito que a atitude mais responsável nesse momento é adiar os planos de viagem. O melhor que qualquer um pode fazer agora é se proteger, proteger a família e proteger a comunidade.

Não Falar Outro Idioma te Impede de Viajar?

Nesse momento eu lembro das muitas mensagens que recebo sobre pessoas que não viajam, pois não falam outro idioma. É lógico que tem pessoas que falam inglês em Moscou, mas são poucas pessoas comparadas com as outras grandes capitas na Europa! Nesses dias que estive lá, passei por dificuldades de comunicação em estações de metrô, restaurantes, taxi ou mesmo pedir informações na rua. Não pela má vontade do povo russo, que foi muito simpático e hospitaleiro comigo. Por exemplo, em um momento um deles chegou a pegar o celular para traduzir para mim uma das informações que pedi. Não saber outro idioma não impede em nada você viajar. Gravei um vídeo rápido comentando um pouco sobre isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Apesar de conhecer várias partes do mundo, a grande paixão do Daniel Ribeiro ainda é a Europa. Ele fundou o GoEuropa com a intenção de inspirar e ajudar mais pessoas a fazerem viagens incríveis, ensinando que gastar menos pode trazer as melhores e mais autênticas experiências no velho continente.

Rede Social

138,955FãsGostar
0SeguidoresSeguir
459SeguidoresSeguir
21,755InscritosInscrever

Mais Vistos

Airbnb – Modo de Usar

Aprenda todas as estratégias para usar o Airbnb nas suas viagens, sempre com conforto e segurança e pagando mais barato.

O Muro de Dubrovnik na Croácia

O muro da cidade de Dubrovnik intimida os potenciais atacantes desde o século 15, mas ele só foi efetivamente utilizado para a proteção dos cidadãos durante o cerco de 1991-1992. Passear por essa muralha é uma incrível forma de entender mais sobre a história de Dubrovnik e uma grande oportunidade de apreciar a cidade de outros ângulos.

O Mascote de Mykonos na Grécia

A ilha de Mykonos tem seu mascote, o pelicano. Dizem que na década de 1950, depois uma tempestade, um pelicano apareceu ferido. Logo os pescadores da cidade cuidaram do animal que nunca mais foi embora e acabou ganhando o nome de Petros.

Anoitecer na Piazza San Marco em Veneza

A Veneza da noite é completamente diferentes da Veneza do resto do dia. E a Piazza San Marco reflete como é importante curtir a noite na cidade! Aprecie a música clássica, observe as pessoas dançado ou junte-se a elas. A Veneza noturna é romântica, musical e relaxante. Napoleão certa vez disse que essa é a melhor sala de estar da Europa.

Nafplio, a Primeira Capital da Grécia

Nafplio (Náuplia) foi a primeira capital do Estado Grego, mas por um breve período, de 1823 até 1834. O nome vem da lenda de sua origem, que conta que quem fundou a cidade foi Nafplios, filho do deus Poseidon. Hoje a cidade tem uma energia incrível, ruas floridas e coloridas e praias sensacionais. Além de toda a beleza, Nafplio tem uma grande importância histórica para a Grécia. E pra ficar melhor: é bem fácil chegar lá, saindo de Atenas. Acompanhe este vídeo que eu mostro mais sobre a cidade.